Desde a manhã de terça-feira (1º), o TRT-2 conta com mais um Centro de Conciliação: foi inaugurado o 4º Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (Cejusc-JT), no Fórum Trabalhista de Cubatão-SP: o Cejusc-JT Baixada Santista.   

O objetivo da implantação de mais uma unidade é facilitar a realização de acordos, agilizando a solução de conflitos trabalhistas existentes nas cidades de Santos, São Vicente, Praia Grande, Guarujá e Cubatão.

“Com a conciliação, todos ganham. Tanto os que fazem acordo, como também os juízes, pois além de imprimir maior celeridade nos processos em que acontecem, possibilita mais tempo disponível para julgar os demais processos", afirmou o presidente do TRT, desembargador Wilson Fernandes, que presidiu a cerimônia de inauguração.

Para a desembargadora corregedora Jane Granzoto Torres da Silva, também presente na ocasião, a implantação poderá imprimir um novo estigma às unidades da Baixada Santista: a de varas com alto índice de conciliação, como tem sido o movimento natural de toda a Justiça.

Localizado no 1º andar do fórum (Rua José Maria Ruivo, 125), o Cejusc-JT da Baixada conta com seis salas de audiência e uma unidade de atendimento e possibilitará a realização de até 120 sessões de conciliação por dia.

“A escolha da Baixada Santista não foi aleatória. Decorreu da forte demanda da região, cuja distância do Fórum Ruy Barbosa e fóruns da Zona Leste e Zona Sul impossibilitava a absorção pelos Cejuscs da capital”, explicou a desembargadora Cândida Alves Leão, vice-presidente administrativa do TRT-2 e coordenadora de todos os centros de conciliação.

Durante a solenidade, ela mencionou ainda que com a colaboração de servidores, advogados e magistrados, a cultura de conciliação naquela região será adotada em definitivo. Clique para acessar a íntegra do discurso.

20170801 Destaque interno
Acima, a frente de honra do evento; (da esq. para dir.) os desembargadores Wilson Fernandes, Cândida Alves Leão e Jane Granzoto; 
a juíza aposentada Isabel Romeo, o procurador Rodrigo Lestrade e o advogado Andre Mohamad

Como conciliar

As sessões e audiências de conciliação e mediação de processos no novo Cejusc-JT serão realizadas a partir do dia 7 de agosto, mas a inscrição de processos (em qualquer fase ou grau) já pode ser feita por este link. Basta informar o número do processo e os dados pessoais dos interessados.

“A conciliação é a melhor solução possível, pois incute a todos os envolvidos no processo a ideia de um desfecho amigável”, lembra o juiz Eduardo Nuyens Horneaux, magistrado responsável pela nova unidade.

O contato com o Cejusc-JT pode ser feito pelo e-mail conciliar@trtsp.jus.br .

20170801 Destaque interno dr Wilson     20170801 Destaque interno dra.Candida     20170801 Destaque interno dra Jane
Acima, os membros do Corpo Diretivo: o presidente Wilson Fernandes, a vice-presidente administrativa Cândida Leão e a corregedora Jane Granzoto discursam

Texto e fotos: Secom/TRT-2