O mais novo Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas do TRT-2, o Cejusc-JT ABC, inaugurado em novembro do ano passado, realizou seu primeiro mutirão envolvendo uma única empresa, a General Motors do Brasil. Na ação, foram analisados 39 processos movidos contra a montadora, dos quais 18 resultaram em acordos, somando R$ 2.525.000,00.

Esse foi o valor mais expressivo alcançado nesse centro judiciário, que atende aos seis municípios do Grande ABC (Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Ribeirão Pires e Mauá). O mutirão ocorreu no início de dezembro, e estão previstos outros, conforme a demanda.

De acordo com a juíza Sandra Sayuri Ikeda, os advogados da GM procuraram o TRT-2 nesse caso. As empresas com grande volume de reclamações trabalhistas na região também podem solicitar a esse centro de conciliação que seja organizada pauta específica com a reunião de seus processos já encaminhados.

O Cejusc-JT ABC está instalado no Fórum da Zona Sul (av. Guido Calói, 1000 – Santo Amaro, São Paulo-SP). O telefone é o (11) 3150-2000, ramal 8286.