Desde a última sexta-feira (2), o Tribunal Pleno e o Órgão Especial do TRT da 2ª Região passaram a integrar o sistema de Processo Judicial Eletrônico (PJe) nas classes processuais especificadas no anexo do Ato GP nº 08/2018, cuja íntegra segue no link mais abaixo.

Dessa forma, a partir da referida data, a distribuição de ação, inclusive incidental, será unicamente por meio eletrônico, mesmo na hipótese de ações cautelares, tutelas de urgência e embargos de terceiros, quando ajuizados em processos que tramitam em meio físico, nos termos do art. 21 da Resolução CSJT nº 185/2017.

Obs.: inicialmente apenas os processos judiciários, e não os relativos à matéria administrativa, tramitarão em meio eletrônico. 

Confira aqui a íntegra do novo ato (publicado no DEJT na edição do dia 6/3).